Leonardo Brito

BRAQUIOPLASTIA

Maus hábitos alimentares, sedentarismo, hereditariedade ou obesidade podem contribuir para a flacidez nos braços. Um problema estético que gera desconforto e insegurança na hora de usar certas roupas ou fazer certos movimentos. Alimentação saudável e exercício físico podem prevenir esse quadro, mas em casos mais extremos pode-se recorrer à braquioplastia para revertê-lo, dando mais jovialidade aos braços.

RESUMO

Alterações corporais: Remoção de pele e gordura
Duração: 2 horas e meia
Anestesia: Local com sedação ou geral
Uso de dreno: 5 dias (quando usado)
Tempo de internamento: 1 dia ou day clinic
Dirigir: Após 20 dias
Cicatrizes: 20 cm em média
Drenagens: Sim
Observação: Cicatrizes na axilas, horizontais ou em forma de T podem ser formadas

Indicações

Tudo vai depender do histórico do paciente e da natureza do seu problema. Em caso de acúmulo de gordura, a indicação é de lipoaspiração associada a um fortalecimento de tríceps. Se também existir excesso de pele com flacidez, pode haver necessidade de uma incisão na parte interna do braço: a braquioplastia.

PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS

A cirurgia em si dura uma média de 2 horas, sendo feita sob anestesia local com sedação. Caso esteja associada aos outros procedimentos, pode ser considerada a anestesia geral. Durante o procedimento, o excesso de pele e de gordura é retirado através de uma incisão interna no braço, deixando uma cicatriz perceptível até o período da sua total maturação, que varia de 12 a 24 meses.

PÓS-OPERATÓRIO

Em qualquer cirurgia, o tamanho da cicatriz varia de acordo com a natureza do problema original, dos cuidados do paciente e de suas características físicas. E isso também vale para a braquioplastia, que, por se tratar de um procedimento em uma área mais exposta, pede um acompanhamento mais contínuo. A indicação é de que o paciente permaneça em repouso por 3 a 5 dias, mantendo os braços próximos ao corpo por 2 a 3 semanas e reduzindo os seus movimentos durante o primeiro mês. Cintas redutoras também devem ser usadas por 30 a 60 dias para acelerar a reabsorção do inchaço, associadas a sessões de drenagem linfática. É possível visualizar o resultado do procedimento logo após a retirada dos pontos, mas a avaliação definitiva de qualquer cirurgia só é segura após a completa cicatrização.